sexta-feira, 7 de março de 2008

Kaká, Ronaldo ou Robinho?

Como tinha prometido, explicaria a frase “É mais difícil ser brasileiro que não gosta de futebol FORA do Brasil do que no Brasil”.

O que aconteceu, diferente das n pessoas espantadas quando você fala que não gosta de futebol, é que a empresa tem um time de futebol (assim como diversas empresas no Brasil também tem) e a pior parte é que antes de eu começar a trabalhar (e eles me conhecerem!), foi criada uma certa expectativa sobre o “brasileiro que trabalharia na EMM”. A expectativa foi tamanha que meu chefe começou a mandar email para as outras empresas, que também têm seus times e de vez enquanto fazem uns amistosos, tirando onda, falando que de agora em diante “não ia ter para ninguém” pois a empresa dele teria um brasileiro no time. HAHAHAHAHAHA

Quando eu falei que eu não jogava futebol, foi como ter falado para um turista na França que a Torre Eifel tinha caído. Foi FRUSTRANTE, dava para ver na cara dele!

Não tenho culpa alguma, estou de consciência tranqüila, além do mais eu já cansei de discursar sobre por que eu não gosto de futebol, agora simplesmente falo que não gosto e pronto. Eita chatice....

Em contrapartida eles têm um time de vôlei e algumas pessoas também nadam de vez enquando, então talvez eu me junte a eles ;)

Au revoir!

2 comentários:

Noemia disse...

Diouei ficou lindo o novo layout do blog, e jogar futebol é chato e gostar é mais ainda. Agora me pergunto será que essa piscina é aquecida??? UHHUAHUEAHU se não vira gelo hein ;*****

Anônimo disse...

Ow, Dioi! Mas que coisa, hein! Vc devia pelo menos fingir que gosta pra naum desapontar o pessoal aih neh..Aih, qdo te chamassem pra jogar, vc inventaria qq dor de barriga aih e blz...serah queia colar? heuiheiuehei..Bem, pelo menos vc seria gentil com eles! ;)

Bjins!

Senhorita_