segunda-feira, 7 de abril de 2008

R.I.P Ringo

Dizem que era uma mistura de pinscher com cocker.
Eu tinha 13 anos e não entendia nada de raça de cachorro (e ainda não entendo muito). Mas fiquei feliz. Era ele e a Pantera, uma pastora alemã, praticamente da mesma idade, porém esta última escapou e sumiu, ficou com a gente tempo suficiente para dar umas mordidas no Ringo (pois ele era menor e ela se aproveitava disso!).
O fato é que o Ringo era vira-lata.
Quando não na cozinha procurando o que comer, estava na sala, embaixo da mesa-de-2-metros, esperando a campanhia tocar para reagir instantaneamente e latir. Ou senão dormindo. Ou senão, na mesma mesa, esperando dar 18h para meu pai chegar e dar a volta sagrada da tarde...
Ah! E tinha de manhã também, quando ele escutava a coleira dele balançando e saía correndo desesperado, saltitante.
Ah!! E tem aquela história também do Dramin na mudança...e também aquela.. e aquela, e aquela outra!

Foram 10 anos, buddy!
Rest in peace! (e eu sei que você late em inglês! haha)


+ 1998 - * 2008

6 comentários:

Brisa disse...

ahhhhhhh o Ringo ;~ meus pesâmes diouei, tinha tanto medo dele, era ele se mexer eu já entrava em pânico, e olha q ele nunca fez nada, ;*

Samyra disse...

owwwmmmmm non creiooooo Diouiiii, ele era tão esquisito, tinha tanta carinha de rato... ;~~~~~~ Q esteja em paz no céu dos cães.

Anônimo disse...

Nossaaaa minha adolescencia quase inteira convivi com esse cachorro sempre o encontrava dando umas voltas lá pelo lado da praça... Tenho ate foto dele, grande perda...
darla

Anônimo disse...

^w^

Anônimo disse...

x3

Anônimo disse...

O.o...O ringo morreu? :(

Que pena, Dioi...Sei que amava ele...o primeiro (ou segundo, terceiro, décimo quinto..) cachorro agente nunca esquece!

:/

Senhorita_